---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Secretaria pretende implantar feira livre no município.

Publicado em 09/10/2018 às 13:52 - Atualizado em 09/10/2018 às 13:55

Está em processo de aprovação, na Câmara de Vereadores de Mirim Doce, um projeto de lei que visa instituir no município uma feira livre para comércio de produtos alimentícios e artesanais. A proposta tem viabilidade, demonstrada por uma pesquisa realizada com auxílio de agentes comunitárias de saúde. “Agradecemos às agentes que ajudaram nesse diagnóstico”, afirma Cássia Fernanda da Silva, diretora de convênios da secretaria. “A pesquisa aponta que praticamente todos acham a feira uma ótima ideia, que 96 família querem vender e que 50% já vêm ao Centro da cidade para fazer compras de produtos que estarão na feira”.

As agentes levaram o questionário a 669 casas, que correspondem a 75% das famílias do município e os resultados obtidos foram apresentados durante reunião sobre a feira, que contou com cerca de 40 participantes.

Entre outros assuntos, o encontro abordou os produtos que mais têm procura no município. Além disso, Cássia explicou que a feira contará com 12 espaços para exposição e venda, na praça Pedro Felizari. “Definimos pessoas responsáveis, que irão representar as diferentes regiões do município, em cada um dos espaços”, afirma Cássia. “Assim, conseguimos abranger todos que pensam em vender, agregando mais pessoas, mas sem a necessidade de fazer um estande para cada produtor, porque não haveria espaço para isso”.

Interessados em participar da feira, devem entrar em contato com a secretaria ou com o responsável pela região em que reside:

Região 1: Paleta, Canela e Taquaruçu, Osmar da Silva Pessoa

Região 2: Pinhalzinho, Morro do Caeté e Serra Chata, Genésio Altino de França e Jair Odorizzi

Região 3: Volta Grande, Alto Volta Grande e Morro do Caeté, Agnaldo José Neri e Maria Maristela Peron

Região 4: Serra Velha, Claudinei Petersen

Região 5: Mirinzinho, Ribeirão da Caça e Braço Scoz, Walli Luetzow e Tânia Menestrina

Região 6: Barra Grande e Forradinho, Rosiani Stahl Leal

Região 7: Funil e Forquilha, Esmeralda Derner Borghezan

Região 8: Campina e Tifa Mengarda, Valdecir Pereira (Dentinho), Secretário de Agricultura

Região 9: Centro, Rute Borguezan Gardini e Tereza Leal Gomes

Estima-se que a primeira edição da feira ocorra em fevereiro e, por enquanto, está definido um calendário de reuniões em localidades, para que mais informações possam ser repassadas aos agricultores. Confira:

25 de outubro: Centro de Convivência do Idoso, às 18h30, para Centro, Tifa Mengarda e Campina

31 de outubro: no Salão Comunitário, às 18h30, para Serra Velha

8 de novembro: no Centro de Convivência do Idosos, às 18h30, para Paleta, Canela Taquaraçu, Mirinzinho, Ribeirão da Caça, Braço Soz, Barra Grande e Forradinho

13 de novembro: no Salão Comunitário do Pinhalzinho, às 18h30, para Pinhalzinho, Morro do Caeté, Funil e Forquilha

20 de novembro: no Salão Comunitário, às 18h30, para Volta Grande, Alto Volta Grande e Areia Branca

27 de novembro: no Centro de Convivência do Idoso, às 18h30, reunião da comissão organizadora, para todos os representantes e interessados

 

Contato: Cássia Fernanda da Silva, diretora de convênios da Secretaria de Agricultura 3565-0252

Foto: DIVULGAÇÃO/SECRETARIA AGRICULTURA

 

Djenifer May

Jornalista Profissional 0003924/SC

(47) 99681-3854

djenifer@grupoconectemidia.com.br


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar